Aos 18 como se 81 fosse

Aos 18 anos com o olhar vazio enquanto o chá esfria em sua mão. Pensa em quanto passou essa semana e em quanto o dia será mais do mesmo amanhã. Não que espere que algo extraordinário aconteça, apenas reflete como será mais do mesmo, só isso. Sente aquela nova sensação amiga de conformismo. Quanto a isso também não se incomoda. Esperança lhe parece uma coisa tola, como se fosse algo vindo de alguém que acabou de entrar nesse negócio chamado “vida”. A medida que os pensamentos voam, percebe que o chá esfriou e a vida também esfriou. Não que isso lhe incomode também, já sabia bem lá no fundo que isso aconteceria mais cedo ou mais tarde, mesmo antes de tentar impedir que acontecesse. Não estava com tanta vontade assim de tomar chá mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s