Fazer Algo

As vezes sentimos falta de fazermos algo por nós mesmos, como se tivéssemos nos abandonado num buraco sem fim em que não entra nem um pouquinho de luz. A vaidade não se encaixa nesse aspecto, simplesmente por ser algo momentâneo e passageiro. Aqui me refiro a fazer algo por si que transpasse a eternidade, algo que nos orgulhe ao ser dito aos nossos filhos e netos, que nos orgulhe de quem somos. Para mim não há sentimento mais esmagador, pensar que nada ficará depois que eu morrer, apenas minha lembrança na memória dos meus entes queridos. Se nem eu e nem você fizermos uma grande descoberta ou grande contribuição para a humanidade, em questão de uma geração seremos esquecidos para sempre. Para todo o sempre.

A questão então se torna fazer algo por alguém, por uma única pessoa e que essa pessoa se lembre de você enquanto puder respirar e lembre as coisas que você fez por ela, com ela, para ela. Se você puder ser importante para alguém, então sua existência na Terra já terá valido a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s