Eu Gosto de Ser Estranha, Muito Obrigada

Participação especial da Lívia, que acredito gostar de ser estranha também. 

Sim, eu gosto de ser estranha, mesmo que isso pareça estranho para você.
Falo no sentido de ser diferente das outras pessoas, e mesmo que ninguém queira aceitar, ou faça de tudo para ser a ideia de mais “normal” que lhe cabe na cabeça, é estranho em alguma coisa. Você é estranho, sua melhor amiga ou seu melhor amigo são estranhos, seu professor é estranho, sua mãe é estranha, seu cachorro é estranho, repito: todo mundo é estranho.
As vezes gosto de ficar observando as pessoas e tentando encontrar alguma beleza no seu jeito de ser. É um exercício muito bom para tentar ser mais humilde em relação ao outro, procurar algo que faça o indivíduo ser diferente, ser único. Quem conhece a minha pessoa há algum tempo sabe que falo muito sobre isso, sobre ser você mesmo e encontrar o que gosta de fazer. Não apenas sobre portar-se perante outras pessoas, mas a maneira como lidamos e reagimos a determinadas situações define muito sobre quem somos.
Olhar para cada pessoa próxima a você e tentar entendê-la, ou simplesmente descobrir sua singularidade é fascinante. Talvez eu pareça uma maníaca falando assim, mas é algo muito sincero.
Eu fico meio chateada em admitir que algumas vezes não encontrei coisas boas nas pessoas, mas estou certa que foi falta de tempo para procurar melhor…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s